Cartas

Decisões

Decisões O café esfriou e você simplesmente não viu. A porta ficou aberta e você não olhou para trás. O jantar estava na mesa e as horas se passaram e você não avisou. A paciência foi se perdendo ao longo dos anos. Os pobres olhares não eram os mesmos. A reciprocidade foi se perdendo e... Continue lendo →

Anúncios

Detalhes

Primeiro eu conheci seu rosto Eu vi seu rosto e seus traços Seus olhos, cabelos e lábios Em seguida conheci seus sinais, sardas e também suas olheiras Seus fios emaranhados e então sua pele Toquei sua pele, senti sua pele Quis sua pele Conheci o seu cheiro, seu toque, seu corpo Seu lar, seu café... Continue lendo →

Deixe-me voar…

Eu me sentia preso em seus braços, pensava que era segurança, mas estava enganado. Era o simples medo de estar só. Eu achava que você era minha metade, mas percebi que eu não precisava ser metade de ninguém, e sim, ser por inteiro. Eu me iludi com seus olhares, porém dentro de você era só... Continue lendo →

Seja forte!

A vida de alguma maneira pode ser dura ou um pouco amarga. Porém, não deixe abater, pois tudo é momentâneo e digno de aprendizado. Precisamos cair para depois dar a volta por cima e seguir a nossa jornada. Às vezes, algumas coisas da vida não parecem ter solução, mas um dia de cada vez, certo?... Continue lendo →

Leveza

Seja leve e forte! Não olhe para trás e siga em frente! Seja amor e luz! Não fique se lamentando da vida! Olha, esse mundo lindo lá fora! Sonhe! Ame! Abrace! Beije! O que importante é a simplicidade da vida, pois a felicidade está nos pequenos detalhes do nosso dia-a-dia.

Click

Algumas noites pensamos que estamos a flutuar... Não sei ao certo como definir essa sensação de tão única que ela se torna. Mas alguma vez nq vida você já viu alguém que te fez Click? Deixe-me explicar melhor Você sai a noite com seus amigos pra um barzinho, cerveja barato e garçom simpatia com umas... Continue lendo →

Devolva-me

Devolva-me... Devolva-me aquele frio na barriga quando eu te via. Devolva-me aqueles sorrisos que me tiravam os olhos. Devolva-me minha paciência ao esperar sua mensagem. Devolva-me os abraços que eram calorosos. Devolva-me aqueles livros que você deixava na cabeceira da mesa. Devolva-me minhas asas que com o tempo preso desaprendi a voar. Devolva-me minha generosidade... Continue lendo →

Recados

Proponho ser feliz, deixar a vida me levar como as águas fluidas de um rio generoso. Preciso ser menos exigente comigo mesmo, sabe? Preciso viver mais falar menos. Proponho ser mais sábio e deixar as lágrimas fluírem quando necessário. Pretendo ser mais paciente, pois é algo que me falta ao passar do tempo. Ouvi falar... Continue lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑